Monteiro Lobato

Monteiro Lobato | Escritor | Empreendedor | Artista | Sonhador
Cidades Mortas (1919)

Baixe agora o Livro – Cidades Mortas (1919) de Monteiro Lobato.
Saiba mais+

Quando queremos morar em um abraço

Creio que um abraço nunca fez tanta, mas tanta falta como nestes últimos tempos, a ponto de se querer morar nele. É muito abraço acumulado esperando a hora de abraçar, eu sei. É doído não poder abraçar, ainda mais quando há tanta perda, privação e sofrimento no mundo. E aprender a lidar com isso, para
Saiba mais+

A Correspondência entre Monteiro Lobato e Lima Barreto

Dois grandes nomes da Literatura brasileira e dois universos distintos. É fato que Monteiro Lobato e Lima Barreto traçaram suas carreiras em contextos diferentes. No entanto, nosso autor de Taubaté e o escritor carioca, filho de ex-escravos, trocavam figurinhas e se elogiavam.
Saiba mais+

O idolatrado racismo de Monteiro Lobato

Chegamos ao século XXI com vontade de renovar o mundo e quebrar as velhas estruturas. “Abaixo o preconceito” é o novo e bem-vindo lema. O que muitos que seguram esta bandeira parecem ignorar, porém, é que não se constrói um novo mundo do nada e que a cultura não se encontra fora de nós.
Saiba mais+

previous arrow
next arrow
Slider
Cidades Mortas (1919)

Baixe agora o Livro – Cidades Mortas (1919) de Monteiro Lobato.
Saiba mais+

Quando queremos morar em um abraço

Creio que um abraço nunca fez tanta, mas tanta falta como nestes últimos tempos, a ponto de se querer morar nele. É muito abraço acumulado esperando a hora de abraçar, eu sei. É doído não poder abraçar, ainda mais quando há tanta perda, privação e sofrimento no mundo. E aprender a lidar com isso, para
Saiba mais+

A Correspondência entre Monteiro Lobato e Lima Barreto

Dois grandes nomes da Literatura brasileira e dois universos distintos. É fato que Monteiro Lobato e Lima Barreto traçaram suas carreiras em contextos diferentes. No entanto, nosso autor de Taubaté e o escritor carioca, filho de ex-escravos, trocavam figurinhas e se elogiavam.
Saiba mais+

O idolatrado racismo de Monteiro Lobato

Chegamos ao século XXI com vontade de renovar o mundo e quebrar as velhas estruturas. “Abaixo o preconceito” é o novo e bem-vindo lema. O que muitos que seguram esta bandeira parecem ignorar, porém, é que não se constrói um novo mundo do nada e que a cultura não se encontra fora de nós.
Saiba mais+

Slider

Toda obra literária de Monteiro Lobato tem uma forte conotação política

"No fundo não sou literato, sou pintor. Nasci pintor." Lobato.

Quando tudo caminhava bem, Lobato fotografava. O que mais gostava mesmo, era dos flagrantes e por isso não desgrudava da máquina.

Diversos artistas gráficos como Guevara, Théo e Belmonte, entre tantos outros, procuraram realçar, cada qual a seu modo, a personalidade e os aspectos físicos do criador do Sítio do Picapau Amarelo.