Monteiro Lobato

Monteiro Lobato | André Aparecido Garcia

André Aparecido Garcia

Resumo:  O trabalho que aqui se apresenta tem como objetivo principal ou intenção primeira apresentar a obra Orlando Furioso de Xavier da Cunha, editada pela Companhia Editora Nacional de Lisboa no ano de 1895, arquivada no Centro de Documentação Alexandre Eulálio (CEDAE)/Unicamp, buscando compreender não só a trajetória desta edição, como também os aspectos tipográficos e textuais que a configuram. Ainda tem como objetivo investigar os vestígios deixados por Monteiro Lobato, de forma manuscrita, nesta edição de Orlando Furioso, colocando como questões: quais são as intervenções editoriais e textuais que Lobato lança mão com um possível desejo de publicá-la com um livro clássico infantil? Que representação de leitor infantil parece orientar tais intervenções? Que representação do gosto de leitor infantil parece orientar a visão de Lobato como editor nessas intervenções. Essa pesquisa se enquadra no conjunto de trabalhos do grupo de pesquisa Alfabetização, Leitura e Escrita (ALLE) no que diz respeito à investigação dos procedimentos postos e praticados pelo polo da produção, tendo em vista a representação que autores e editores constroem a respeito do público, a qual se destina as obras publicadas, na perspectiva metodológica fornecida pela História Cultural.

Confira tese completa